Anúncios

Valença: Vereador Luís de Serra Grande é detido pela CIPE Cacaueira

Luís disse em público que a abordagem policial aconteceu inicialmente de forma brusca e afirmou não “ter tido a oportunidade de ser ouvido pelos policiais”.

O Vereador Luís de Serra Grande (PR) do município de Valença, Baixo Sul Baiano, foi abordado por policiais da CIPE – CACAUEIRA na manhã desta terça-feira (17). Informações dão conta de que o Vereador ficou detido e foi liberado minutos depois, após comprovada a sua inocência.

Entenda o caso do Vereador Luís:

Luís disse em público que a abordagem policial aconteceu inicialmente de forma brusca e afirmou não “ter tido a oportunidade de ser ouvido pelos policiais”. O Vereador disse ainda que “tudo não passou de um mal entendido”.

Eu estava na minha residência, era umas 6h30min da manhã e alguém me chamou pra fazer um favor. Eu me levantei e me desloquei da minha casa do jeito que eu estava porque eu estava preocupada com as professoras. A informação que eu tive é de que este veículo que es professoras e outras pessoas estavam, estava sendo perseguido pela polícia. Quando fui fazer o favor, a policia da CAERC me parou, me abordou sem me ouvir. Mesmo com as professoras afirmando que eu era Vereador, eles não deram ouvidos”, relatou o Vereador, que utilizou do espaço do Pequeno Expediente na Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores.

Ainda relatando a situação segundo ele vergonhosa, Luiz citou a sua trajetória de vida como “limpa e sem maldades”.

O problema é que as professoras e outras funcionárias da Prefeitura tinham ficado presas e eu apenas fui ajudar. O carro estava irregular e eu nunca pensei em passar por uma situação daquela. Eu sou um cidadão de bem, não tenho maldade nesse coração por ninguém. Fui naquele lugar naquele momento para ajudar as professoras, não para dar fuga a ninguém”, finalizou o Edil.

Após relatar o acontecimento, o Vereador afirmou ter sido “ouvido e bem tratado” pelos Policiais. Luis finalizou sua fala ainda, parabenizando a imprensa local, pela postura “ética, responsável e imparcial”, com a qual ágil mediante a situação, quando não se precipitou em noticiar o fato ocorrido de “qualquer jeito”.

Anúncios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.